Microalgas vivas em prédio

10/2012 – Alemanha vai ter o primeiro prédio “vivo”

Paredes com microalgas vão gerar calor, sombra e energia

PLANETA SUSTENTÁVEL

30/10/2012 às 10:34

José Eduardo Mendonça

Foto: ©CleanTechnica

O primeiro “prédio vivo” do mundo começou a ser construído na Alemanha. Conhecido como BIQ, ele usa painéis móveis para gerar calor, sombra e energia.

Estes painéis são destinados a serem usados também do lado de fora de edifícios existentes. Quando o sol as atinge, as microalgas crescem com o processo natural de fotossíntese e isto torna o prédio um instrumento dinâmico e vivo, cuja “fachada bioadaptável” responde ao aumento da luz do sol criando sombra e gerando energia para uso imediato ou armazenagem.

A solução funciona de três jeitos. Primeiro, ela aprisiona a energia do sol, o calor deixa de entrar no edifício e é reutilizado para ajudar a alimentá-lo com energia. Em segundo lugar, a microalga bloqueia parte da luz do sol, reduzindo reflexos e criando um ambiente mais agradável. Estas duas coisas terão também impactos em sistemas auxiliares, como ar condicionado e purificadores.
Em terceiro lugar, as microalgas serão colhidas como biomassa e usadas para gerar energia para o prédio, fazendo de uma solução para o calor uma fonte de energia renovável, informa o Clean Technica.
A construção é baseada na proposta vencedora da Next Generation Design Competition do ano passado, da prestigiosa revista Metropolis. Ela estima que os painéis gerariam perto de 10% das necessidades de energia de um edifício quando usados em velhos prédios do governo federal em Los Angeles.

Fonte: PLANETA SUSTENTÁVEL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s